Painel II: A Judicialização da Saúde – Alternativa transitória ou uma tendência irreversível